FILOSOFIA

Respeitar, acolher, cuidar, ensinar, educar, formar.

São ações que contribuem para o amplo desenvolvimento dos alunos como seres humanos e cidadãos. Estas ações fundamentam e permeiam os processos pedagógicos e educacionais, bem como as relações que se estabelecem na escola.

O CEB valoriza o trabalho, o espaço, os direitos e os deveres, as capacidades, os talentos e os desafios do aluno.

Concebemos cada aluno como um sujeito histórico, biográfico e único. A vida e as expectativas de cada sujeito em processo de formação ocupam espaço importante na escola, que se compromete, primordialmente, com valores que dão sentido à vida e à formação de pessoas autônomas, responsáveis, íntegras e comprometidas consigo mesmas e com a sociedade.

Temos como missão formar gente competente para melhorar o mundo, ensinando a conhecer, fazer, criar, ser e conviver.

A escola é um espaço de construção de conhecimento, de ética, de afeto, de solidariedade. Um lugar em que se promovem crescimento e autonomia, sempre em parceria.

Na prática educativa, essa filosofia se traduz:

  • No atendimento também em período integral, valorizando a formação moral e acadêmica, a socialização e o desenvolvimento de competências e habilidades;
  • Na formação de turmas com um número reduzido de alunos, propiciando a realização de um trabalho pedagógico e educacional personalizado e um maior entrosamento entre o grupo-classe;
  • No trabalho de orientação a cada educando;
  • No desenvolvimento de um currículo que integra e valoriza conteúdos das diferentes áreas de conhecimento, em planos e projetos pedagógicos, educacionais, esportivos, artísticos, culturais e sociais;
  • No trabalho de orientação de estudos, em que os alunos têm a possibilidade de sistematizar conteúdos de ensino e adquirir hábitos de estudo em atividades realizadas na própria escola;
  • No acompanhamento contínuo e sistemático dos processos de avaliação e recuperação;
  • Na realização de atividades, saídas, viagens e eventos pedagógicos, esportivos, artísticos e culturais com o objetivo de aprofundar conhecimentos e ampliar o universo sociocultural dos alunos;
  • Na valorização do direito à infância e do brincar, em atividades livres e/ou dirigidas;
  • No fornecimento de alimentação saudável e balanceada, em três refeições diárias e da ausência de cantina;
  • Na orientação intencional e sistemática sobre normas de comportamento social e hábitos de higiene e saúde;
  • Nas ações educativas da escola que não se restringem somente à atuação do professor, mas perpassam por todos os profissionais, que devem intervir na construção e efetivação desta proposta como educadores. No CEB, somos todos educadores;
  • Na ausência de sinal de início e término de aulas ensinando os alunos a agir com independência e responsabilidade em relação a seus compromissos escolares;
  • Na não obrigatoriedade do uso de uniforme diário. O uso de uniforme é necessário somente em aulas específicas, saídas, viagens e eventos.