Educação em período integral: benefícios

30 de agosto de 2023 | Educação Infantil, Fundamental 1, Fundamental 2

O que realmente vale no final do dia: produtividade, convivência, aprendizado e autoconhecimento. 

É certo que aprendemos até o último dia de nossas vidas, mas é provavelmente na educação infantil e no ensino fundamental que nós aprendemos mais intensamente. É nesse período de cerca de 15 anos que passamos pelas transformações mais notáveis, em que as bases do desenvolvimento cognitivo e socioemocional são construídas. O estudo em período integral pode ser uma excelente oportunidade para potencializar esse aprendizado. 

Benefícios no período integral 

Se há aspectos ligados à comodidade das famílias, como mais segurança e menos deslocamentos pela cidade, esses nem de longe são os maiores benefícios de ter seus filhos estudando em período integral. Aprender, conviver, desenvolver autoestima e competências diversas são motivos muito mais importantes. 

É importante lembrar que cada escola tem sua forma de pensar e planejar seu período integral, no entanto, há características que devem estar presentes: 

– Integração de diferentes áreas do conhecimento: para além das aulas regulares, o período estendido na escola possibilita mais atividades interdisciplinares, inclusive multietárias; 

– Maior apoio na organização dos estudos. Mais do que conteúdos, esse acompanhamento ajuda a aprender a estudar; 

– Mais apoio para a superação de dificuldades acadêmicas; 

– Mais oportunidades de desenvolver competências socioemocionais.  Ao participar de diferentes atividades e de integrar grupos diversos, estudantes aprendem a se relacionar em novas situações;

– A ludicidade tem grande importância cognitiva e socioemocional. No período integral, há maior quantidade de atividades lúdicas planejadas e espontâneas; 

– Mais atividades esportivas, que estimulam o aprendizado de trabalhar em grupo e ajudam a desenvolver senso de responsabilidade, além, é claro, de poderem ser divertidas e saudáveis; 

– Maior quantidade de atividades culturais que ampliam o olhar sobre a sociedade, promovem interações entre educadores e estudantes e entre estudantes de diferentes idades; 

– Autoconhecimento: quando há mais oportunidades de contato com atividades de diferentes naturezas, como esportes, artes, projetos em diferentes áreas do conhecimento, o estudante pode se ver atuando em diferentes situações e assim se conhece melhor; 

– Há mais possibilidades de atividades multietárias e de mais encontros com os diversos profissionais da escola. Esse ambiente mais diverso aproxima o cotidiano escolar a uma vida comunitária mais completa; 

– Em geral, a autonomia é mais desenvolvida em um ambiente onde há várias crianças, que naturalmente são estimuladas a cuidarem de seus materiais e se organizarem para as atividades, ainda que sob a supervisão de educadores; 

– Hábitos saudáveis: em geral, escolas que oferecem período integral têm a preocupação em oferecer alimentação diversificada e de qualidade, além de acompanhar, entre os mais novos, hábitos como a escovação de dentes, por exemplo. 

Em resumo: 

– Há aspectos ligados à comodidade das famílias, como mais segurança e menos deslocamentos pela cidade, mas esses não são os maiores benefícios de ter seus filhos estudando em período integral; 

– O estudo em período integral pode ser uma excelente oportunidade para potencializar o aprendizado mais diversificado e para alunos e alunas se verem em diferentes situações, exercendo diferentes habilidades e competências; 

– Cada escola tem sua forma de pensar e planejar seu período integral. 

O Post não tem posts relacionados no momento

Receba notícias sobre a CEB. Inscreva-se

Entre em contato pelo WhatsAppÍcone do Whatsapp
Entre em contato pelo WhatsApp
Ícone do Whatsapp